Ginástica laboral no trabalho

http://dietaja.uol.com.br/wp-content/uploads/2013/04/gin%C3%A1stica-laboral.jpg

A ginástica laboral consiste em uma modalidade de exercícios adminstrada por um fisioterapeuta ou um educador físico realizada no próprio ambiente de trabalho, de forma preventiva e terapêutica. Tais exercícios são de curta duração e tem sido preconizados desde que se constatou que as atividades laborais poderiam prevenir doenças ocupacionais. Destacam-se ainda, que esse tipo de ginástica é dividido em três tipos: ginástica laboral preparatória, realizada antes da jornada de trabalho, ginástica compensatória, realizada durante a jornada e de relaxamento, efetuada ao final do expediente.

Estas atividades têm como intuito manter os movimentos articulares, atuando, de forma preventiva no combate de lesões e na redução dos efeitos lesivos dos movimentos repetitivos oriundos da sobrecarga gerada das atividades laborais. Além dos efeitos no sistema musculoesquelético, os indivíduos submetidos a um programa de ginástica laboral, podem apresentar benefícios tanto no alívio de tensões e do estresse, bem como na melhora da auto-estima e no quadro geral do funcionário.

Sabe-se que atividades laborais acarretam incapacidades que repercutem em aumento do número de afastamentos e em gastos onerosos para empresas e a ginástica laboral tem o intuito de evitar essa situação através da capacidade de prevenção e minimização de desconfortos em funcionários.

Referências

COSTA, D.F. et al. A influência dos três tipos de ginástica laboral na melhora da qualidade de vida, Revista Amazônia, v.1, n.2, p.29-36, 2013.

Por Joyce Rouvier

0 comentários: