Fisioterapia e o tratamento para o bruxismo

Bruxismo se refere ao atrito não-funcional dos dentes inferiores contra os dentes superiores, podendo ocorrer um desgaste abrasivo das superfícies oclusais ou à hipermobilidade dos dentes, podendo contribuir para mudanças adaptativas nas articulações temporomandibulares, resultando em achatamento dos côndilos e na perda gradual da convexidade da eminência articular. É considerado como conseqüência de uma incoordenação neuromotora dos músculos da mastigação e pode se manifestar através de alguns hábitos ou movimentos viciosos, como repetidas oclusões em forma de tique nervoso, através da abertura da boca, mastigação ou fala, ou ainda, o hábito de estalar a articulação temporomandibular. O Bruxismo é uma patologia que está cada vez mais presente no dia-a-dia, atingindo adultos, adolescentes e crianças; com prevalência em ambos os sexos.
Devido as várias controvérsias em relação a articulação temporomandibular, muitos profissionais ficam sem saber como diagnosticar e tratar, acarretando insegurança na escolha do melhor tratamento. Por isso o seu tratamento envolve profissionais da área odontológica, fisioterapêutica, fonoaudiológica e psicológica.

Leia mais clicando aqui

0 comentários: