Artrite Reumatoide e a Fisioterapia



Não é difícil um fisioterapeuta lidar com um paciente que tenha atrite reumatóide no consultório. E alguns sintomas apresentados por esses pacientes são tem comuns.  A artrite reumatoide é uma desordem autoimune, que leva à destruição das articulações e a deformidades nas juntas. Embora o tratamento tenha evoluído drasticamente nos últimos 15 anos, com terapias que bloqueiam a evolução do mal, a causa da doença continua desconhecida e o problema ainda traz impactos emocionais, prejudicando a produtividade e a vida social dos pacientes.

Certa vez, atendi uma paciente que tinha como sintomas a dor na planta dos pés, dormência e rigidez nas mãos. E  ela relatou que os sintomas foram aumentando. Ela jogava vôlei, estava no auge da juventude, era uma pessoa ativa e foi, aos poucos, perdendo a força nos braços. Esse tipo de limitação traz danos emocionais, porque incapacita para muitas coisas.

Embora a grande maioria dos pacientes relatem as articulações como região atingida, a artrite reumatoide é uma doença sistêmica que pode também se apresentar com inflamação do pericárdio (membrana que envolve o coração), inflamação do pulmão e da pleura, inflamações dos olhos, lesões nos nervos periféricos, aumento do baço, sinais de vasculite (leia: SAIBA O QUE É VASCULITE) e formação de nódulos subcutâneos, principalmente na região do antebraço e cotovelo.

As causas da artrite reumatóide não são bem conhecidas, no entanto, presume-se que a hereditariedade, certos tipos de infecções e o tabagismo podem desempenhar um papel no surgimento da doença que ataca as próprias articulações (autoimune).

O tratamento fisioterapêutico para artrite reumatoide é uma ótima forma de diminuir a dor, a inflamação e melhorar a qualidade dos movimentos na articulação afetada. A fisioterapia também é importante para manter os músculos devidamente fortalecidos e alongados, assim como evitar ou diminuir as deformidades articulares.

A fisioterapia deve incluir exercícios e alongamentos ativos e passivos, o uso de aparelhos de eletroterapia, e o uso bolsas de água quente.

Fazer exercício regularmente é importante para melhorar a condição das articulações. A aplicação de calor e de frio pode ajudar a aliviar os sintomas da AR. É também aconselhado adotar uma dieta rica em frutas e vegetais, bem como os ricos em ômega-3, como peixes e reduzir o seu consumo de carne.

0 comentários: